Notícias

Como serão as cozinhas em 10 anos? Para a Ikea, sem fogão e geladeira

27/07/2015

O ambiente foi montado para a EXPO Milano 2015, em uma exibição chamada The Concept Kitchen 2015, tendo a Internet das Coisas como base
Por Júlia Miozzo |12h37 | 27­07­2015 SÃO PAULO – A Ikea, uma das maiores lojas de móveis do mundo, desenhou, em parceria com a IDEO London e estudantes das universidades de Lund e Eindhoven, como será a cozinha no ano de 2025. O ambiente foi montado para a EXPO Milano 2015, em uma exibição chamada The Concept Kitchen 2025. Para montar o ambiente, os estudantes pesquisaram o comportamento e impressões que as pessoas têm sobre cozinhar e comer e foram guiados por designers da IDEO na criação de produtos­conceito. Foram analisadas as forças sociais, tecnológicas e demográficas estimadas para 10 anos. É uma cozinha que se baseia no uso da Internet das Coisas para ser funcional. Por exemplo, ela conta com uma “Table for Living”, uma mesa que é capaz de identificar o ingrediente e mostrar uma receita rápida, visando reduzir o desperdício de comida. Essa função seria voltada para alimentos que estão prestes a estragar – e a receita é mostrada na própria mesa.
A mesma mesa também elimina a necessidade de um fogão, já que as panelas e jarras possuem bobinas de indução ao calor escondidas internamente, permitindo que as pessoas cozinhem, comam e façam outras atividades na mesa. Geladeiras e congeladores também não serão necessários: a despensa criada elimina as portas do refrigerador, para que a pessoa consiga observar constantemente o que tem de comida e não precise comprar mais, também evitando o desperdício. A comida refrigerada é guardada em potes transparentes que possuem temperatura controlada através de uma tecnologia de refrigeração por indução, instalada nas prateleiras.
O uso de água também foi pensado no “Mindful Water System”. Ele possui uma pia destinada para “água preta”, a água que é suja e destinada aos esgotos, e uma para “água cinza”, que é reusada na máquina de lavar louças ou para regar plantas. Por fim, o sistema de lixo foi pensado para manter as pessoas conscientes do que estão jogando fora. Os usuários podem manualmente separar o lixo reciclável do lixo orgânico, sendo que os recicláveis são divididos em amassados, embalados a vácuo e rotulados para coleta. O usuário ganha créditos conforme sua “consciência” e débitos para o desperdício. 




Fonte: http://www.infomoney.com.br/negocios

Outras Notícias

Benfeitorias no imóvel não devem ser consideradas em ação revisional de aluguel

O Superior Tribunal de Justiça – STJ definiu por maioria, que em casos de ação revisional de aluguel, as açõe...

Comissão rejeita classificação de condomínio como pessoa jurídica de direito privado

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados rejeitou proposta que inclui o condomínio na lista das pessoas jur&ia...

TRF4: Imóvel único de família não pode ser objeto de penhora judicial

De acordo com o Tribunal Regional Federal da 4ª Região um imóvel não pode ser apreendido por se tratar de única resid...

Menos burocracia na compra e venda de imóveis

Aprovada recentemente, nova lei resultará em menos custo e mais agilidade para o consumidor que adquirir um imóvel Se você, lei...

A cidade de São Paulo está preparada para adotar as fachadas ativas?

Durante a Convenção Secovi 2015, pesquisa inédita sobre o tema será apresentada em painel e debatida por arquitetos, empre...

Aluguel cai 0,9% em junho na Capital, segundo Secovi-SP

Em 12 meses, queda atinge 1%. É a primeira vez, desde 2005, que o índice acumulado em 12 meses é negativo 22/07/2015 Os ...

Mercado imobiliário mantém estabilidade em maio

Pesquisa do Secovi-SP registra o volume de lançamentos e vendas de novas unidades residenciais 15/07/2015 Os resultados da Pesquisa do...

Cenário econômico afeta hábitos do comprador de imóvel na internet

Usuário está mais criterioso e pesquisando mais ofertas de locação, segundo debatedores de evento da Rede Secovi de Im&oac...

Analistas descartam bolha imobiliária no País

O economista Célio Fernando Bezerra também não acredita em bolha. "A bolha ocorre em função de um problema ...

Banco Central nega qualquer sinal de bolha imobiliária no Brasil Estudo mostra que, mesmo se preço dos imóveis caísse 33% após a Copa, bancos não enfrentariam onda de quebradeira

Banco Central nega qualquer sinal de bolha imobiliária no BrasilEstudo mostra que, mesmo se preço dos imóveis caísse 33%...

icone-whatsapp 1
11 9 9657 1842

Sobre

  • O melhor negócio começa pela escolha do profissional que vai lhe auxiliar !
    Valorize meu trabalho, ao visitar o Stand de vendas procure por:  NERI

    Sergio NERI da Cruz - CRECI-SP: 144698
    Telefone: (11) 9 9657-1842 
    WhatsApp
    email: neri@nericorretor.com.br

Contato

www.nericorretor.com.br © 2022. Todos os direitos reservados.

Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias